Posts

Showing posts from March, 2010
Image
Lo Que Dicen
Ayer me dijeron amor y yo no escuchaba En otro dia la tristeza en otro alegria Cuantas cosas ya fui y ní palabra Hoy solo el recuerdo de tu mirada. Hoy solo ningun dia ní viernes Hoy esa arena triste en que me paro. Si bebo otra água no es nueva Yo que sé lo nuevo de lo viejo Yo que espio la madrugada Y cosecho em la oscuridad El renacer de las tinieblas, La luz semilla de ver com otros ojos Si es Martes o domingo otra historia Soy el hartar del tiempo explotado: Mi corazon, esa aguja, me despedaza. Ningun llorar. Ya no lo siento. Soy lo que me decian tus ojos Soy la mano tocando tu flor Sin cosechar y tengo en La idea, el aroma del intento De ser lo que yo nunca era Verde al mirar el ser de una flor Hambriento tocado por um porvenir Semilla cargando semilla del amanecer Y um hombre besado por su ardor Falta de la falta y ni tanto Pañuelo deshecho en el llanto.
Julio Almada In Arde(Poemas de Amor en Español)
Image
Sofri um acidente retornando de um evento na madrugada de 04/01 e passei por uma cirurgia do úmero fraturado em três partes com deslocamento do ombro:Ficarei ainda mais de dois meses com imobilização(estou entrando na segunda fase da recuperação, procedimento de retirada dos fios de aço e fisioterapia) e não poderei participar de eventos que são parte fundamental de meu trabalho.


Então, farei uma publicação de um Livro selecionando poemas de vários livros meus e necessito da contribuição de todos para viabilizar isso. Pode contribuir com 5,00 com 10,00 ou mais se quiser.



Enviarei um livro poemas mal_ditos ou Em um Mapa sem Cachorros para quem já tiver o mal_ditos por e-mail para todos que contribuirem! Se cada um ajudar com um pouco a meta logo será atingida,poderei enfrentar esse problema que ocorreu e todos poderão conhecer um pouco do meu trabalho recebendo um livro meu por e-mail com custo baixo!



Para Contribuir depositando na conta :




Caixa Econômica Federal - Agência: 0370 - …