Wednesday, April 21, 2010




















Livro Com a trilogia Noite de Tigres,Poema de Tigres e Tigre de Asas. Trabalho encenado em performance teatral. A natureza humana e animal entrelaçada, instinto,emoção e fogo:do espírito até o corpo. Um Grito com garras,suor e gemidos.

Um Trecho do Poema de Tigres:

Poema de Tigres


"Tyger!Tyger!burning brightin the forests of the night,
What immortal hand or eye
Could frame thy fearful symmetry?"
William Blake




01

As garras são meus olhos,
Esses que eram de qualquer outro,
E na ousadia de minha madrugada
Os instalei de súbito em meu corpo.
Olhos renascidos de não morrer
Onde a morte lhes visita a gravidade.


Leia mais: Mande um e-mail para julioalmada@gmail.com

1 comment:

Deisi Giacomazzi said...

gosto desse!!!!

Poemas Reclamados

Loading...