Faltando um luar


A indiferença dela

É diferente.

Parece soda e ácido

Mas não passa:

De um rosto transparente,

Que abandonou os olhos

E o coração,

Ao desconsolo da mente.


Julio Almada, Poemas Mal_Ditos

Comments

Popular posts from this blog

Heracles

A Deus Curitiba

Poeta no Equador